Seguidores

domingo, 9 de julho de 2017

Dois poemas

Escrevo. São tantos os sentimentos...
Me entrego, deixo fluir a vida
para não perder um só minuto
do que nela habita.

Soninha Porto  

 Nada é definitivo, nem eterno...
Laços se rompem.
Toma-se novos caminhos, novos rumos.
E a vida segue seu curso.

Maria Bonfá