Seguidores

sábado, 4 de março de 2017

PEDRA E FLOR

E por futuros imprevistos
onde sonhos lapidam pedras
e grilhões se partem

 
Uivos roubarão o silêncio das noites
alucinantes espetáculos rasgarão céus e mares, montanhas e vales

 
Até que da pedra desabroche a
mais delicada das flores,
e da flor, a semente áurea da vida.


Zaida Machado