Seguidores

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Lindos poemas

Poema de Amor

Ouve-me com teus olhos porque minha queixa é muda. Acaricia-me com teu pensamento porque meu corpo está imóvel. Beija-me com tuas mãos porque minha bôca te espera. Fala-me com o silêncio dos momentos de amor porque os ouvidos da minha vida se abrirão como as flôres na úmida e infinita madrugada.
(Adalgisa Nery)

Não gosto de páginas frontais
Prefiro os versos
Pulo, inverto,
Salto do avesso,
Viro, reviro
Me viro inverso
Declamo. É o começo!
                 Zaida Machado